terça-feira, 10 de abril de 2007

Austrália vai proibir uso de lâmpadas incandescentes

www.tribuna.inf.br/

SYDNEY - O governo australiano anunciou um plano para tirar de circulação as lâmpadas incandescentes e substituí-las por lâmpadas fluorescentes compactas, mais econômicas. A lâmpada incandescente é a lâmpada de tipo mais comum, onde um filamento metálico, aquecido pela eletricidade, brilha, gerando a luz.
Segundo o ministro australiano de Ambiente, Malcolm Turnbull, o plano é o primeiro do mundo nesse sentido. Na verdade, porém, Cuba e Venezuela já contam com programas semelhantes. Leis para restringir o uso de lâmpadas incandescentes poderão reduzir as emissões australianas de gases causadores do efeito estufa em 4 milhões de toneladas até 2012, e cortar as contas domésticas de eletricidade em até 66%, afirma Turnbull.

http://www.tribuna.inf.br/anteriores/2007/fevereiro/21/noticia.asp?noticia=ciencia02

Nenhum comentário: