quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Entrevista - Tecnologia a serviço da qualidade


http://www.endeavor.org.br/

O administrador de empresas pela FEA/USP Hélio Katanosaka conheceu sua cara-metade corporativa há 15 anos. Seu sócio, Luiz Roberto Werner Wolf, é especialista em gestão de TI pela PUC. Juntos, eles dividiram as funções nos três negócios que montaram – e também repartiram os momentos difíceis. Mesmo nas emergências, a dupla prioriza a conversa para superar desafios.

Você é formado em Administração pela FEA-USP. A formação técnica é um fator importante para ser empreendedor?Hélio Katanosaka - Sim. A minha formação técnica começou cedo, antes da universidade. Eu fiz a Escola Técnica Federal em processamento de dados e comecei a trabalhar com tecnologia entre os 17 e 18 anos. Depois, cursei administração de empresas para complementar. No final das contas, a faculdade foi bem importante. Conforme a empresa foi crescendo, o meu sócio se concentrou muito mais no desenvolvimento de produtos e eu fiquei com a parte administrativa.

Quais conselhos você daria para os novos empreendedores? Hélio Katanosaka - Para novos empreendedores, eu diria que o mercado brasileiro ainda é muito carente de tecnologia, um segmento que promete crescer. Além disso, eu diria pra ficar muito de olho no fluxo de caixa. As estatísticas dizem que a maioria das empresas fecha no primeiro ou segundo ano de vida. Com certeza, os números estão relacionados com a má gestão de caixa.

Clique aqui para ler a notícia completa.

Nenhum comentário: